Maria, a Padroeira do Brasil

Maria, Ave Cheia de Graça, Mãe de Jesus e nossa, Esposa de José, Maria Santíssima, Virgem, Rainha do céu e da Terra, Maria de Fátima, de Guadalupe, das Graças, de Nazaré, de Loreto, das Dores, de Lourdes… Maria de mil nomes.

Maria pode ser chamada de diferentes nomes, mas é a mesma pessoa, é a Mãe de Jesus, Aquela que gerou e cuidou do nosso Salvador, Aquela que esteve com Ele durante o caminho do calvário. E esta é a nossa Mãe, que nos gerou em seu coração, cuida de nós a cada dia e estará conosco até o fim dos dias.

Aqui no Brasil, o título nacional do qual cultivamos a devoção é Nossa Senhora Aparecida, que surgiu em 12 de outubro de 1717, quando três pescadores, Domingos, João e Filipe, estavam em seus barcos no Rio Paraíba. A missão deles era levar os peixes para o banquete que iria acontecer no dia seguinte com Dom Pedro de Almeida Portugal, porém não estavam com sorte naquela manhã, pois não conseguiam pescar nada.

Redes ao mar. Num dado momento, quase desistindo, os pescadores jogaram as redes novamente, e neste momento encontraram fragmentos de madeira, que pareciam a parte de uma estátua da Virgem, porém, estava sem cabeça. Jogando a rede novamente, encontraram o outro pedaço e encaixaram perfeitamente, mostrando a imagem de Nossa Senhora.

Impusionados por algo sem explicação, os pescadores lançaram novamente as redes no rio, e então desta vez, mal conseguiam puxar as redes, de tão pesadas que estavam por conta da quantidade de peixes. Naquele dia, a pesca foi abundante.

Filipe, o pescador, colocou a imagem encontrada em sua casa, após juntar os dois pedaços e limpá-la, e assim, pouco a pouco, com a notícia da pesca milagrosa, os moradores do vilarejo e ao redor, passavam na casa de Filipe para prestar homenagem à Virgem Maria, e este grupo de fiéis deu o nome de Aparecida, aquela que apareceu. Com o tempo, a multidão foi aumentando, e se fez necessário construir uma capela para colocar a imagem, e assim, todos conseguiam visitar e prestar a sua homenagem.

A partir de então, muitos milagres aconteceram sob a intercessão de Nossa Senhora. Há 90 anos, Nossa Senhora Aparecida foi proclamada padroeira do Brasil.

Ivana Gabriela – Ministério de Formação MAV

Como foi o 33º retiro para jovens?

No segundo final de semana de setembro do ano de 2021, aconteceu o 33º do Movimento Água Viva. Esse retiro teve um gosto especial por conta de toda situação global que estamos passando, pois é o segundo ano da pandemia do COVID-19. Muitas instituições da Igreja Católica sofreram por interromper suas atividades por um período, mudar tudo para o modo virtual. Muitos grupos, movimentos e paroquias saíram no prejuízo, a frequência de fieis estava baixa e era muito difícil dar continuidade em qualquer ação para atrair novamente as pessoas. Não foi diferente com o nosso Movimento.

O desafio

Todos estava precisando de um retiro para continuar as obras de evangelização, e que o sentimento do serviço continuasse latente nos corações de seus integrantes. Motivados para voltar a exercer o apostolado diretamente com os jovens, uma fração da população que está sofrendo drasticamente com o isolamento sentimental e afetivo. Deste modo, o retiro começou a ser pensando e organizado com muita oração e questionamentos.

As provações

Faltando um mês para a data do retiro, estávamos apenas com 5 inscritos. Chegou-se pensar em cancelar o retiro e jogar para uma nova data, foi nesse momento que recorremos ainda mais para a conversa com Deus. Suplicando que realmente acontecesse mais adesões. E uma decisão foi tomada, que mesmo com 5 jovens o retiro deveria acontecer. A confiança em Deus tomou conta de toda comissão organizadores, composta por jovens e casais. E pelo incrível que pareça, nas próximas duas semanas, 16 vagas foram preenchidas.

A realização

Com a chegada do tão esperado final de semana, o Movimento inteiro se dirigiu até a casa de retiros da comunidade católica Divino Oleiro em Governador Celso Ramos, para fazer acontecer esse sonho de Deus. Todos estavam eufóricos em conhecer essa juventude que disse SIM para viver um final de semana totalmente diferente. Tudo foi vivido com uma alegria impar e contagiante, que chegou tomando conta do coração de todas aquelas 19 almas. Algumas estava com receio e sem fazer a mínima ideia do que iriam encontrar. Ao passar de todas as palestras, a ação do Amor Verdadeiro foi tomando conta desses corações. Não eram os mesmo que entraram na sexta feira, os retirantes estavam radiantes com um semblante de quem realmente encontrou o sentido da vida.

O Sentido da Vida

Todos os membros do Movimento perceberam que foi fundamental acreditar e ter fé na obra que Nosso Senhor queria realizar, que não precisamos ter medo. Basta confiar naquilo que já temos que é Cristo como Caminho, Verdade e Vida.

O testemunho dos jovens

Segue o testemunho de dois retirantes que passaram pelo 33º retiro de aspirantes.

Testemunho do João Marcos Pereira Lacerda

Retirante João Marcos

Durante o retiro quando cheguei na igreja e vi aquele monte de meninas, eu pensei: Cara, com quem eu vou conversar? Mas quando chegamos no salão que foi feita todas as pregações e já começamos com todas aquelas danças e coreografias e todo mundo dançando com todo mundo, eu percebi que eu não estava sozinho.

Todas as pregações me marcaram muito, especialmente a do Leonel e da Babi, que eu vi ali neles uma força pra continuar a seguir em frente mesmo perdendo um filho que já era amado desde que ainda estava na barriga. Durante o retiro eu tive dúvidas ainda se Deus ia me tocar, e várias vezes eu fechava os olhos e pedia Deus me dá um sinal de que tu estás aqui.

No momento Ele aparentemente não deu, mas eu sinto hoje, no quarto dia do retiro, que Ele sim me deu um sinal. Um sinal não, me concedeu uma graça. Me concedeu a graça de estar com o coração leve e com o espírito fortalecido. E hoje no quarto dia, eu sinto q a minha ansiedade e todos os problemas que eu pedi a cura foram curados. Eu agradeço a todos do retiro pelo acolhimento, desde os realizadores até os retirantes, que conversaram comigo num momento q eu me sentia tão sozinho. Obrigado a todos. Amo vocês!

Testemunho da Eduarda Maria Dutra

Retirante Eduarda

O final de semana do 33 Retiro de Aspirantes do Movimento Água Viva foi o melhor de toda a minha vida, uma experiência completamente única. Nunca antes eu havia sentido o completo e puro amor de Deus. Quando eu me dei conta de que o Filho de Deus morreu por amor a mim, uma humana e pecadora, e que mesmo na cruz Ele dizia que me amava, eu transbordei de paixão. Não consegui conter as lágrimas.

Cada momento estava banhado em amor e entrega, em pura benção de Deus. Lá eu vivi os momentos mais lindos da minha vida, e que rezo para que todos que eu amo possam viver também. Mas nem só de lágrimas vive uma Eduarda. Ao longo de cada pregação eu recebia muitos aprendizados e lições.

Agradeço a todo o Movimento pelo enorme carinho com que prepararam este retiro para nós, todas as surpresas e abraços. O Água Viva é uma linda família que com muito amor hoje posso dizer que faço parte.

Chap-Chap!

33º Retiro para Jovens do Movimento Água Viva – ÚLTIMAS VAGAS

Quero me inscrever agora!

#OSENTIDODAVIDA

Destinado aos jovens que procuram encontrar O Sentido de suas vidas, fazer novas amizades, e ter uma experiência única com O Amor verdadeiro.


Data: 11, 12 e 13 de setembro de 2021

Local: CEAR da Divino Oleiro em Governador Celso Ramos
IMPORTANTE: Saída na sexta-feira, 11/09/2021 às 19:30, da Igreja da Base Aérea de Florianópolis – Portão Norte
(haverá veículo exclusivo para transporte dos jovens até o local do retiro)

Valor: R$ 130,00
OBS: Será fornecida uma rifa para ajudar os retirantes a custearem o valor de inscrição do retiro.


O Retiro será presencial e ocorrerá respeitando as normas de biosegurança.

Chap Chap!

Yoast SEO

Inscrições abertas – 33º Retiro para Jovens do Água Viva! #OSENTIDODAVIDA

Quero me inscrever agora!

#OSENTIDODAVIDA

Destinado aos jovens que procuram encontrar O Sentido de suas vidas, fazer novas amizades, e ter uma experiência única com O Amor verdadeiro.


Data: 11, 12 e 13 de setembro de 2021

Local: CEAR da Divino Oleiro em Governador Celso Ramos
IMPORTANTE: Saída na sexta-feira, 11/09/2021 às 19:30, da Igreja da Base Aérea de Florianópolis – Portão Norte
(haverá veículo exclusivo para transporte dos jovens até o local do retiro)

Valor: R$ 130,00
OBS: Será fornecida uma rifa para ajudar os retirantes a custearem o valor de inscrição do retiro.


O Retiro será presencial e ocorrerá respeitando as normas de biosegurança.

Chap Chap!

Conclusão dos encontros pré-matrimoniais dos noivos do MAV em 2020

Depois de 10 encontros de preparação para o matrimônio, deu-se por encerrado na santa missa do dia 19/07/2020 na Paróquia Nossa Senhora de Loreto em Florianópolis/SC – Brasil, os encontros pré-matrimoniais a quatro casais de noivos que participam do setor jovens do Movimento Água Viva, Henrique e Nati, Jean e Ivana, Pedo e Dalila, Karina e Vini. Acompanhados pelo casal Nando e Joice do setor casais do MAV.

Inicialmente os encontros seriam presenciais, mas com o início da pandemia começou-se de forma online utilizando o Centro de Evangelização Digital do MAV, achando-se que em poucas semanas se voltaria a vida normal. Porém, o isoloamento social por conta da pandemia do COVID-19 se estendeu e todos os encontros acabaram sendo online. Mas isso não atrapalhou o compromisso e dedicação destes casais de noivos, que realizaram todas as atividades propostas e discutiram todos os temas propostos pelo livro “MATRIMÔNIO – Encontros de Preparação” de André Parreira e Karina Parreira, publicado pela Comissão Nacional da Pastoral Familiar.

Agradecemos por toda a dedicação e rezamos para que Deus abençoe estes casais que se darão o Sacramento do Matrimônio, para formarem novas famíalias cristãs.

Código Direito Canônico

Olá, nesse post sobre formação da fé Católica, nós do Movimento Água Viva iremos apresentar alguns assuntos introdutórios sobre outro documento importantíssimo da nossa Igreja, o Código Direito Canônico. Famoso documento que é citado em diversos livros e vídeos de leitos e sacerdotes. Confira abaixo um pouco sobre esse riquíssimo tesouro que temos.

É o documento que reúne o conjunto de leis canônicas referentes à Igreja Católica Apostólica Romana, ao clero e leigos observando as obrigações e deveres de cada um. Dá orientações legais acerca de diferentes condutas relacionadas com a Igreja. Para as leis morais, recomenda-se recorrer ao Catecismo da Igreja Católica. 

Códigos canônicos sempre existiram…

Porém não de forma sistematizada em um único livro, organizado e de fácil acesso. Aos dias de iniciar o CVII, o papa João XXIII convocou além do concílio, um sínodo dos Bispos sobre Roma e uma Comissão Episcopal para reescrever o Código de Direito Canônico (CDC) que já existia. A comissão responsável por esse trabalho, optou por esperar o concílio encerrar para depois escrever o documento, pois este dependia das orientações que estavam por vir, sobre os entendimentos que o Magistério teria acerca de diversos assuntos que são tratados no CDC.

Após quase 20 anos o papa João Paulo II, com a carta apostólica Sacrae Disciplinae Leges, promulga o Código de Direito Canônico, no dia 25 de janeiro de 1983

Em forma de estrutura

O Código é dividido em sete partes, sendo elas: 

1° Normas gerais, a igreja, o que ela rege.

2° O povo de Deus, a estrutura da igreja.

3° O múnus de ensinar da Igreja, o modo como ensinar.

4° Do múnus de Santificar a Igreja, sacramentos.

5° Os bens temporais da igreja, como administrar os bens.

6° Livro penal, sanções.

7° processos, como proceder.

É dividido também em forma de parágrafos (aqui chamados de cânon). No final do livro também é possível pesquisar por tema/palavra chave. 

Por fim, o CDC juntamente com o direito Romano, foram bases fundamentais para o desenvolvimento do direito civil ocidental.

Por Ivana Gabriela

Setor Juventude da Arquidiocese de Florianópolis/SC se reúne e planeja 2020

No dia 15 de fevereiro, na Paróquia São João Evangelista, em Biguaçu, o Setor Juventude da Arquidiocese de Florianópolis se reuniu para planejar seus objetivos e ações para o ano de 2020.

No início da reunião, o assessor eclesiástico do Setor Juventude, Pe. Ewerton Gerent, lembrou que o setor é um espaço de articulação e comunhão das diversas expressões juvenis da arquidiocese. Sendo ele um espaço de troca de experiências entre os grupos, movimentos, novas comunidades, congregações e demais expressões juvenis, com o propósito de fortalecer a evangelização dos jovens.

Eventos em 2020

Na pauta, além de integrar os líderes jovens que representam as diversas expressões juvenis da arquidiocese, também estava o planejamento das atividades do setor. A mais próxima dessas atividades é o 3º Encontro de Formação de Líderes Jovens, que está programado para acontecer no dia 22 de março, em local a ser divulgado.

O evento terá quatro oficinas em sua programação, divididas em:

1) assessoramento para adultos que trabalham ou querem trabalhar com a juventude, a fim de que saibam entender os anseios dos jovens;

2) mídias sociais e seus impactos da vida do jovem atual;

3) ansiedade e depressão, formação para entender melhor essa doença que tanto tem atingindo os jovens, assim como poder reconhecer os sintomas e orientar o jovem a procurar ajuda especializada; e

4) grupos de jovens, formação para todos aqueles que trabalham ou querem trabalhar com jovens.

Também foram discutidos a Jornada Arquidiocesana da Juventude, que acontecerá no dia 28 de junho no Centro de Evangelização Angelino Rosa (CEAR), em Governador Celso Ramos; e o Dia Nacional da Juventude, no dia 25 de outubro, que acontecerá conforme a programação de cada forania.

Na reunião, também foi conversado sobre a presença da Igreja nas mídias sociais na evangelização dos jovens. O tema é tão importante para o setor que está programado para trazer a questão tanto na Formação de Líderes Jovens, quanto na Jornada Arquidiocesana da Juventude.

Caminho de santidade

Ao final da reunião, Pe. Ewerton e Murilo Spinola, do Movimento de Emaús, apresentaram a causa de beatificação do jovem Marcelo Câmara aos líderes jovens, que inicia sua fase diocesana em 8 de março, às 15h, no Santuário dos Ingleses, em Florianópolis. Marcelinho, como carinhosamente era chamado, foi um jovem que buscou a santidade em sua vida terrena e, agora, é pedido para que os jovens conheçam a sua história e se inspirem a buscar também uma vida de santidade, além de contribuir e rezar pela causa de sua beatificação.

Mais informações do Setor Juventude podem ser encontradas no site: arquifln.org.br/juventude, e no Instagram: @juventudefln.

Texto e fotos: Murilo Spinola/Setor Juventude

18 de fevereiro de 2020 em 10:20 Pe. Ewerton GerentSetor Juventude

Fonte: https://arquifln.org.br/noticias/setor-juventude-da-arquidiocese-se-reune-e-planeja-2020/

Castidade – Um chamado de Deus

Os jovens do Movimento Água Viva solicitaram aos seus casais um encontro que discutisse a temática da Castidade a luz da doutrina Católica Apostólica Romana. Para atender esta demanda, foi realizado um encontro que aconteceu no dia 05/10/2019 na igreja Nossa Senhora de Loreto, Base Aérea de Florianópolis/SC – Brasil, que contou com 3 momentos.

No primeiro momento ocorreram duas palestras, a primeira ministrada pelo Leandro da Jeane e a segunda ministrada pelo Jeferson da Schaiane. No segundo momento aconteceu uma roda de conversa segmentada entre os homens e entre as mulheres. No terceiro momento realizou-se um fechamento com oração e uma adoração ao Santíssimo Sacramento ministrado pelo Samir da Natalia. Jovens, Adultos e Casais participarem deste belo momento.

O primeiro momento foi gravado e disponibilizado no formato de Podcast nos principais players da internet:

Siga nosso podcast no Spotify
Siga nosso podcast no Spotify