Jesus encontra com Maria

Hoje meditamos a quarta estação da Paixão de Nosso Senhor: Jesus encontra com Maria

Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo, e vos bendizemos porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.

Simeão abençoou-os e disse a Maria, sua Mãe: “Ele foi estabelecido para a queda e o ressurgir de muitos em Israel, e para ser sinal de contradição; e uma espada Te há-de traspassar a alma. Assim se deverão revelar os intentos de muitos corações” (…) Sua mãe guardava no coração todas estas recordações. (Lc 2, 34-35.51)

Maria está ali, com a coragem de mãe, com a fidelidade de mãe, com a bondade de mãe, e com a sua fé, que resiste na escuridão: «Feliz daquela que acreditou» (Lc 1, 45). Maria foi aquela que permaneceu fiel até mesmo no momento em que os próprios discípulos fugiram. Aquela que acreditou no anjo quando anunciou o que era incrível – que haveria de ser Mãe do Altíssimo – assim também acreditou e se manteve firme na hora da Sua maior humilhação, sofreu em silêncio e confiou. E foi assim que, na hora da cruz, na hora da noite mais escura do mundo, Vos tornastes Mãe daqueles que creem, Mãe da Igreja.

(Vatican News, Papa Bento XVI).

Medita essa estação com calma e reflete: Quais os momentos em que tenho tido a fé como a de Maria? Tenho pedido a ela que me dê a graça das virtudes que me são necessárias (especialmente da fé e da confiança)? Tenho repetido as frases que ela pronunciou com verdadeira entrega nesse momento da queda de Jesus, “estou aqui Jesus”? Tenho deixado que “faça-se em mim” segundo as vontades daquele que me criou?

📍Após refletir, reze 1 Pai Nosso, 1 Ave-Maria e 1 Glória ao Pai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *