Autossuficiência, uma barreira que impede Deus de agir

Viver achando que somos fortes o bastante para carregar a nossa cruz sozinhos, sem a ajuda de Deus, pode criar barreiras que impedem Deus de agir em nossas vidas.

Querer mostrar a autossuficiência para o mundo pode tornar a nossa relação com Deus mais complicada, pois demonstra que não confiamos na ajuda do Senhor. A palavra de Deus diz exatamente o contrário.

“Tudo posso naquele que me fortalece.” 

(Filipenses 4, 13)

Viver os ensinamentos que Jesus Cristo deixou é um desafio para nós, amar o próximo, perdoar incondicionalmente, viver a simplicidade das coisas, ser pobre de bens materiais, mas ricos na oração e na ação, são muitas das coisa que Cristo nos ensinou para que possamos viver uma vida correta, rumo a salvação. Um dos grandes exemplos que Ele nos deixou na sua dolorosa Paixão, foi a humildade de se deixar ajudar por Simão .

Mesmo sendo 100% homem e 100% Deus, alguém ajudou a carregar Sua cruz

Autossuficiência, uma barreira para Deus agir

É difícil pensar que o filho de Deus teve ajuda para carregar a penosa cruz ao calvário, o mesmo Cristo que era cem por cento homem e cem por cento Deus, Aquele que não precisava estar naquela situação, aceitou a ajuda em um momento de total dificuldade e apresentou a nós Sua humanidade. Aceitar ajuda em momentos de dificuldade não é vergonhoso, a única vergonha que devemos ter como católicos é de pecar.

Frente a todas as provações que enfrentamos diariamente, devemos abraçar essa cruz assim como Jesus Cristo abraçou sua penosa cruz em direção ao Calvário.
Um passo importante para quebrar a barreira da autossuficiência criada por nós, é intensificar a oração pessoal.

“Mas você, quando rezar entre em seu quarto, feche a porta e reze a seu Pai que está em segredo. Seu Pai, que vê no segredo, recompensará você.” 

(Mateus 6, 6)

Na oração pessoal criamos intimidade com Deus, isso nos deixa mais seguros para se agarrar Nele completamente, permitindo que Ele nos ajude.

Quantas vezes Deus enviou uma pessoa para ajudar em um momento de dificuldade e angustia, e simplesmente por seu egoísmo não aceitamos?

Por tantas vezes Deus enviou anjos e pessoas para nos ajudar, mas por vergonha recusamos?

Aceitar a ajuda do “Simão Cirineu” que Deus nos envia, pode quebrar a barreira da autossuficiência que impede Deus de agir e operar milagres em nós. Caso você ache que não recebeu um “Simão Cirineu” (enviado por Deus) talvez seja a sua hora de ser o Simão Cirineu para outra pessoa.

Chap chap!
Matheus de Souza Floriani