Festa da Misericórdia

Fala movimento água viva!! Eis que passaram-se 7 dias após a ressurreição de nosso Senhor, após o grande júbilo da páscoa vivemos mais um momento de alegria na Igreja, a Festa da Misericórdia, festa em que o próprio Deus nos mostra mais uma vez o seu amor sem limites. 

A Misericórdia

Experimentar da misericórdia de Deus é perceber o quanto somos pequenos e quão grande Ele é, nós que muitas vezes somos tão infiéis, que trocamos Deus por tão pouco, talvez por um episódio a mais na nossa série favorita, pela pouca paciência com nossos familiares, colocando mil coisas na frente d’Ele e até mesmo desejando as coisas da terra mais do que as do céu. 

Lentos, pequenos, miseráveis, mas mesmo assim amados por Deus, quando contrastamos a nossa pequenez com a grandeza do vosso amor é que podemos experimentar a misericórdia divina. A nossa sujeira pode ser purificada e renovada por um Deus capaz de nos dar um coração novo que pulsa pelo Amor, e já não somos mais os mesmos, nos tornamos completos pela Graça. Confiar nessa misericórdia é saber que no meio dos nossos altos e baixos Deus está conosco disposto a mudar nossa história, transformando cada queda em um trampolim que nos aproxima Dele.

Tomé

Olhemos para Tomé, que viveu com Cristo e mesmo depois de sua morte não confiou na sua ressurreição, assim somos nós, que mesmo depois de experimentar Deus na vivência de movimento nos tornamos como incrédulos em alguns momentos da caminhada. Mas, assim como o apóstolo, nós podemos desejar o Céu e tocar nas feridas abertas de Deus, sendo transformados pela misericórdia. Que reconheçamos sempre as nossas faltas, clamemos a Deus a vossa graça e assim experimentaremos a sua misericórdia.

A festa

A Festa da misericórdia acontece na Igreja sempre no segundo domingo da páscoa, para entender a origem dessa festividade, precisamos saber que a devoção à Divina Misericórdia começou quando Jesus realizou algumas revelações a Santa Faustina Kowalska no ano de 1931. Tudo o que o Mestre quis passar para a humanidade foi anotado no diário pessoal da religiosa, que (por incrível que pareça) entrou no convento denominado Irmãs da Nossa Senhora da Misericórdia. Este diário foi ideia do padre confessor de Faustina. Então ela registrou inúmeras experiências sobrenaturais com Jesus.

As palavras do Senhor a Santa Faustina.

“Eu desejo que haja a Festa da Misericórdia. Quero que essa Imagem, que pintarás com o pincel, seja benzida solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa, e esse domingo deve ser a Festa da Misericórdia”

(Diário, 49; cf. 88; 280; 299b; 458; 742; 1048; 1517).

Nosso amado Jesus deixa-nos muito claro que Ele quer distribuir a sua misericórdia e que se confiarmos e acreditarmos nesse amor gratuito e fiél alcançaremos a Verdadeira Alegria.

“Essa Festa saiu do mais íntimo da Minha misericórdia e está aprovada nas profundezas da Minha compaixão. Toda alma que crê e confia na Minha misericórdia irá alcançá-la”

(D. 420; cf. 1042; 1073)

Que a  Paz esteja conosco irmãos, que possamos no dia de hoje meditarmos o tamanho do Amor de Deus por nós, pensarmos nas nossas incredulidades e que tocados por suas chagas estejamos abertos à vontade de Deus. Eis o momento propício para receber o perdão e distribuir esse perdão a todos. Que confiantes na misericórdia de Deus, renovemos as nossas forças e caminhemos para o verdadeiro sentido da vida, não somente pela nossa salvação, mas por todos aqueles que esperam e anseiam ser alcançados pela misericórdia que diariamente experimentamos.

Núcleo de Espiritualidade
Movimento Água Viva


Referências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *