Simão Cirineu ajuda Jesus a carregar a cruz

Hoje meditamos a quinta estação da Paixão de Nosso Senhor: Simão Cirineu ajuda Jesus a carregar a cruz

Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo, e vos bendizemos porque pela vossa santa cruz remistes o mundo.

Ao saírem, encontraram um homem de Cirene, chamado Simão, e requisitaram-no, para levar a cruz de Jesus. Jesus disse aos seus discípulos: “Se alguém quiser seguir-Me, renegue-se a si mesmo, pegue na sua cruz e siga-Me”. (Mt 27, 32; 16, 24)

Simão de Cirene regressa do trabalho, vai a caminho de casa quando se cruza com aquele triste cortejo de condenados – para ele talvez fosse um espectáculo habitual. Os soldados valem-se do seu direito de coacção e colocam a cruz às costas dele, robusto homem do campo. Que aborrecimento não deverá ter sentido ao ver-se inesperadamente envolvido no destino daqueles condenados! Mas, do encontro involuntário, brotou a fé. Jesus, cujo amor divino era o único que podia, e pode, redimir a humanidade inteira, quer que compartilhemos a sua cruz para completar o que ainda falta aos seus sofrimentos (Col 1, 24). Jesus, abriu a Simão os olhos e o coração, dando-lhe, a graça da fé

(Vatican News, Papa Bento XVI).

Medita essa estação com calma e reflete: Quais são as pessoas que tem o verdadeiro papel de Simão Cirineu em minha vida? Eu tenho me colocado também a disposição dos outros para sofrer com eles? Tenho experimentado a graça de poder partilhar a cruz dos outros? Tenho contribuído para salvação dos meus irmãos? De que forma?

📍Após refletir, reze 1 Pai Nosso, 1 Ave-Maria e 1 Glória ao Pai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *